Close Close

Vale employee smiling in green landscape. She is wearing a green Vale
uniform, goggles, helmet and ear plugs. Visual wave artifact Vale
Imagem de header interno Imagem de header interno
9/20/22

Social

Prata da Casa: Negócios comunitários receberão consultoria para fortalecer produtos locais no mercado

Vale e Redes/Fiepa divulgam lista de selecionados

Cooperativas e associações comunitárias do sudeste do Pará receberão consultoria para desenvolver sua capacidade de atendimento ao mercado local e regional com produtos feitos na própria região. A Vale e Redes/Fiepa divulgaram a lista com os 32 empreendimentos dos municípios de Bom Jesus dos Tocantins, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado do Carajás, Marabá, Ourilândia do Norte, Parauapebas e Tucumã, que foram selecionados e participarão do Programa Empreendedores Prata da Casa.

A lista pode ser acessada na página na internet www.redesfiepa.org.br/social_/pratadacasa. Entre os negócios selecionados estão empreendimentos que atuam com a produção de hortifrutis, farinha de mandioca, leite e derivados, mel, polpas de frutas, malharia, roupas e acessórios e artesanato. Todos contarão com assessoria para o desenvolvimento de habilidades em gestão e capacitação em técnicas de produção, logística e qualidade. O Programa também apoiará os negócios para construção de marca e no acesso ao mercado para comercialização de seus produtos e serviços.

Segundo o gerente de Sustentabilidade da Vale, Rafael Martinez, o objetivo é fortalecer o desenvolvimento local. “A expectativa agora é de que esses empreendimentos realmente participem ativamente do Programa e assim possamos ajudar no seu aprimoramento e ver esses produtos cada vez mais fortalecidos, com a consequente melhoria da qualidade de vida das famílias gerindo seus negócios com autonomia e capacidade de crescer no mercado”, diz Martinez

As próximas etapas agora serão os diagnósticos e o planejamento das ações de consultoria para elevar o nível de maturidade dos empreendimentos, como explica o coordenador Técnico da Redes/Fiepa, Alberto Anders.“ Durante essa fase de seleção, pudemos perceber a necessidade dos membros das organizações selecionadas em aprimorar os seus negócios, produzindo mais e de forma correta, buscando cada vez mais conquistar espaço no mercado consumidor. Além disso, há uma grande expectativa quanto ao incremento na renda das famílias envolvidas nessas organizações. Ainda este mês iniciaremos os diagnósticos junto aos selecionados para o Programa”, diz Anders.

O programa Empreendedores Prata da Casa foi lançado esse ano. Resultado de uma parceria entre Vale e Redes/Fiepa, a ideia é funcionar como uma incubadora de negócios, que pretende aperfeiçoar a capacidade de gestão organizacional, o desenvolvimento dos produtos e serviços ofertados e o relacionamento com o mercado. A iniciativa integra também medida de mitigação exigida pelo licenciamento ambiental federal, conduzido pelo Ibama.

Abaixo confira a lista dos 32 selecionados:

1. Cooperativa do Agronegócio de Bom Jesus do Tocantins (Coopagro)
2. Cooperativa Agroecológica e da Agricultura Familiar de Carajas (Cooafac)
3. Cooperativa de Mulheres de Canaã dos Carajas (CMC)
4. Associação de Mulheres Aliadas de Serra Pelada (Amasp)
5. Associação dos Apicultores e Meliponicultores de Serra Pelada (Apimesp)
6. Associação dos Produtores Rurais do Corredor Central Novo Progresso (Assproccp)
7. Associação Solidaria de Desenvolvimento Urbano e Rural (Asdur)
8. Associação dos Apicultores e Meliponicultores de Eldorado Do Carajas(Apimec)
9. Chita Chic Inspire Instituto Leonildo Borges Rocha
10. Cooperativa dos Catadores de Material Recicláveis de Marabá (Corema)
11. Associação dos Pequenos Agricultores Familiares do Assentamento Burgo da Fazenda (Aspabsir)
12. Associação Camponesa da Escada Alta (Aceta)
13. Associação Mista dos Agricultores Familiares Boa Esperança (Asmafabe)
14. Cooperativa dos Produtores de Leite do Vale do Rio Vermelho (Cooperv)
15. Associação das Mulheres da Vila Itainópolis (Amvi)
16. Associação dos Pequenos e Médios Produtores Rurais do Assentamento Lagedo II (Amprepal)
17. Associação de Mulheres Empreendedoras Lidera (Amel)
18. Associação Cultural, Educacional e Assistencial Vivência Amiga (Clube De Mães)
19. Associação Familiar do Assentamento Pra Morar (Asfam)
20. Associação Filhas do Mel Da Amazônia (Afma)
21. Cooperativa de Mulheres Agricultoras Unidas do Pará Santo Antonio de Parauapebas (Coopmusa)
22. Associação de Desenvolvimento Local Integrado e Sustentável de Parauapebas (ADLISP)
23. Associação dos Criadores e Criadoras de Caprinos e Ovinos e Pequenos Animas de Parauapebas e região de Carajás (Ascopac)
24. Cooperativa de Produtores de Alimentos de Parauapebas (Coopa)
25. Associação dos Moradores e Produtores Rurais para o Desenvolvimento Sustentável da Vila Sansão e região (Amprodesv)
26. Associação dos Agricultores e Horticultores do Estado do Pará (Aspror)
27. Associação Comunitária dos Produtores Rurais da Área de Proteção Ambiental (Aproapa)
28. Gurgueia Licores da Amazônia Industria de Alimentos
29. Cooperativa de Produção Agropecuária, Comercial e Serviços (Cooperfruti)
30. Organização Comunitária Apicultura Tucumã
31. Cooperativa dos Produtores Agropecuários da Agricultura Familiar de Tucumã (Cooleite)
32. Associação de Moradores Empreendedores do Residencial Vale das Rosas (Ame)

Content with Press topics Social .

Lupa de pesquisa

Did not find what you were looking for? Access our Search Center 

Reparation

Our commitment to repairing the communities and people impacted by the B1 dam failure is constant. See the social, environmental and safety actions taken by Vale. 
Foto:
Onda